Inclusão Financeira

O que é?

Proporção de indivíduos e empresas que usam serviços financeiros (pagamentos, poupanças, pensões, seguros, mercados de capitais, entre outros), daí que o índice de Inclusão Financeira procure medir o grau de acesso da população a produtos e serviços financeiros.
A inclusão financeira pressupõe a existência dos seguintes aspectos:

Acesso

A capacidade das instituições financeiras oferecerem produtos e serviços financeiros, de acordo com o contexto regulamentar, tecnológico e de mercado.

Uso

A forma como os Clientes usam os serviços financeiros, nomeadamente a frequência e duração, e o tipo de produto ou serviço financeiro utilizado ao longo do tempo.

Qualidade

O nível de satisfação na utilização dos produtos financeiros, o grau de adequação dos produtos e serviços financeiros às necessidades dos Clientes e a variedade de opções.

Conhecimento

O nível de entendimento e conhecimento dos Clientes sobre os produtos financeiros.

A primeira etapa do processo de inclusão financeira é o acesso a uma conta bancária, por ser condição necessária para a obtenção de outros produtos e serviços financeiros.

Observatório da Inclusão Financeira Deloitte – artigo 1

Fala Connosco

Envia-nos as tuas questões. Responderemos o mais breve possível.

Para enviar o seu currículo, clique aqui.
Os currículos enviados pelo formulário abaixo, não serão considerados.

Este site usa cookies para garantir que tens uma melhor experiência de navegação. Sabe mais sobre a nossa Política de Cookies.
Fechar
Pesquisar...